Intercâmbio e Moda

Hoje vou contar pra vocês sobre minhas experiências de estudos internacionais, de como isso mudou minha visão de mundo e, consequentemente, minha forma de pensar a moda.

20150411_153447

A primeira vez que sai do Brasil, foi quando tinha 17 anos, fui desbravar o velho mundo e estudar o último ano do Ensino Médio na França. Não foi atoa que escolhi a França, como sempre soube (desde 2007 haha) que queira trabalhar com moda, acreditei que viver na primeira capital da moda poderia ser uma boa.

E foi uma ótima! Na França descobri que era possível comprar roupas lindas e baratas! Me apaixonei pela H&M. Foi a partir daí que descobri o que queria fazer, trabalhar com pesquisa de tendência para lojas populares no Brasil. Pretendo auxiliar lojas de baixo custo a ter roupas que queremos vestir, que sejam diferentes do excesso de brilhos que normalmente encontramos.

296306_186847188053766_6346836_n
Com direito a caminhada na antiga casa da Maria Antonieta

Hoje a minha visão já é outra, já pesquisei o bastante para saber que comprar roupas muito baratas não vale o custo, existem pessoas que trabalham para produzir essas roupas e, sinceramente, trabalho escravo não da! Deixo aqui uma dica de filme, para quem quer refletir melhor sobre as tais “roupas baratas”: The True Cost. (Mesmo assim meu projeto continua de pé! Pretendo prestar serviços para lojas mais baratas que não tenham trabalho escravo)

Um ano depois que voltei da França, foi para a Argentina estudar espanhol. Na argentina descobri os sapatos mais estranhos da vida (hihi). Sempre fui apaixonada por sapatos, cheguei lá doida para conhecer os sapatinhos argentinos (que decepção!). Como os sapatos pararam de ser o foco, comecei a olhar outas coisas, na Argentina fiz muitas pesquisas em livros, museus e galerias. Foi uma ótima experiência em um nível artístico e, mesmo nunca tendo desvinculado a moda da arte, o tempo que passei em terras portenhas, concretizou essa relação na minha cabeça.

1234939_552963868108761_771045700_n

No inicio de 2015 fui estudar na África!!! Que maravilha foi isso! Fiz um semestre acadêmico em uma universidade na África do Sul, estudei muito, conheci pessoas maravilhosas e, principalmente, refleti sobre o ser humano. Como faz só duas décadas que acabou o apartheid, os resquícios ainda são claros na sociedade. Hoje, tenho como prioridade de vida, mais que nunca, que devemos tratar o outro sem diferenças. O sofrimento de um ser humano não vai trazer felicidade para mim, por mais que venha em forma de uma roupa linda e barata.

20150524_131809

Tenho que enfatizar as CORES na África, lá os tecidos são lindos e coloridos. Tenho um estilo bem romântico, mas não abro mão do pretinho básico. Passar esse tempo em terras africanas me fez apaixonar pelas cores e suas misturas inusitadas. ❤

20150121_184938
Cores ❤

Esse ano vou para Argentina mais uma vez, estudarei lá por 6 meses. Farei duas faculdades, uma de administração (o que estudo atualmente) e uma de moda. Sempre quando falo isso, não posso conter minha felicidade, sorrio. Estudar moda de forma regular é um sonho! Sempre pesquiso muito, faço cursos, mas estudar em uma escola de moda todos os dias… que maravilha!

Farei uma formação profissional em Fashion Business no Espacio Buenos Aires. Essa formação tem disciplinas como: fashion management, marketing de moda, fashion retail, fashion branding, visual merchandising e estratégias 360°. É MUITO AMOR EM FORMA DE CURSO! Como não ficar feliz?! Como não sorrir só de pensar nisso?!

Bom, espero que seja linda a experiência, depois conto tudo aqui, beijos.

Anúncios

9 comentários sobre “Intercâmbio e Moda

    1. Sabrina,
      pode ter certeza que vai ser fácil ligar a moda com sua faculdade! Paris é ótimo, não desista do seu sonho!
      Quando a gente entra na faculdade, descobre as possibilidades de intercâmbio, depois da uma olhadinha como é na sua 🙂 e se, quando você tiver o tempo que os editais pedem ainda tiver o ciências sem fronteiras (acredito que sim), tenta fazer intercâmbio por ele. O programa é ótimo, o melhor que já vi.
      No mais, se quiser mesmo a França e não outro lugar, já começar a ver a possibilidade de estudar francês.
      Bisous,
      Au revoir!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s