Vitrine minimalista

6 estratégias de Visual Merchandising que você deve saber

Visual merchandising é uma parte do marketing que tem como objetivo aumentar a rentabilidade de uma loja através de ações que estimulam a compra. Então, saiba que todos aqueles pequenos itens perto do caixa (que a maioria das pessoas acabam comprando), não estão ali por mera coincidência, isso foi muito bem pesando por um profissional do visual merchandising.

Para que o cliente compre mais e se sinta seduzido pelos produtos, existem várias técnicas que podem ser aplicadas, desde a forma da disposição que os produtos se encontram, até o cheiro da loja. Em uma loja que utiliza de forma eficaz as técnicas de visual merchandising, os produtos passam a ter uma apresentação ativa para que seja vendido até mesmo sem um vendedor.  Saiba mais de visual merchandising AQUI.

Seguem agora as 6 estratégias de visual merchandising que você deve conhecer:

1 – O poder da vitrine

Além de ser a primeira impressão que um cliente tem de uma loja, a vitrine também promove compras por impulso. O que está na vitrine chama atenção para a loja, pode fazer com que o cliente queira entrar, além de que os produtos que estão na vitrine são mais vendem!

Pense bem na sua vitrine, faça com que ela mostre a identidade da sua marca e NUNCA deixe produtos no chão. Por mais que seus produtos sejam sapatos, não vale a pena que eles fiquem no chão, uma vez que isso passa uma ideia de um produto de pouco valor.

Fique de olho das tendências: Manequins com posições menos rígidas e mais “humanas” fazem com que o cliente se identifique mais com a vitrine

Manaquim de pernas pra cima
Manequim sem posição rígida

2 – Iiluminação

A Iluminação é muito importante dentro de um plano de visual merchandising. Com a iluminação você pode fazer o “caminho” que você quer que seus clientes sigam, chamar mais atenção para produtos com luzes focais, deixar a luz mais escura caso queira esconder a baixa qualidade de um produto (sim, isso rola hahahaha), além de ajudar a mostrar a identidade de uma marca.

Uma marca com uma pegada mais rock, por exemplo, pode ter uma iluminação geral mais fraca (escura) e mais presença de iluminação focal nos produtos.

P.s.: não é toda loja com pouca iluminação que tem produtos com baixa qualidade!!! A baixa iluminação pode fazer parte da identidade da marca.

Loja Disel
Iluminação indicando o caminho que o cliente deve tomar, as luzes fazem uma “linha” em volta de toda a loja

3 – Facings

EIS UM DOS PONTOS MAIS IMPORTANTES DO VISUAL MERCHANDISING: FACINGS. Os facings (“rostos”) são a quatidade de vezes que um produto precisa ser repetido para que o cliente o perceba e, assim, o compre.

Normalmente, quando falamos de roupas, o facing é de 4 cabides, ou seja, você deve repetir O MESMO modelo roupa 4 vezes antes colocar outro modelo na arara. A ideia é que o produto seja apresentado ao decorrer de 0.3m.

Arara de loja minimalista
Facings: repetição de peças de roupa na arara

4 – Localização

Dentro de uma loja, existem as zonas frias e quentes. As zonas quentes são os lugares que tudo mundo passa, por exemplo, a entrada da loja, então os produtos que estiverem ali serão vistos por mais pessoas. Um bom visual merchandiser chama a atenção dos clientes para a zona fria, fazendo que com eles também vejam essa região da loja. Eu fiz AQUI um post falando como posicionar os produtos na sua loja de acordo com a zona fria e quente.

zona-quente-e-zona-fria-no-PDV
Zonas quente e fria de uma loja

5 – Trabalhe com os sentidos

Todos os sentidos do consumidor devem ser relevados quando pensamos em visual merchandising, o cheiro da sua loja, a música que ela toca, as cores da sua parede… Tudo isso é fundamental para que o cliente tenha uma experiência de compra inesquecível ❤

Nesse post AQUI eu explique a importância dos perfumes e das músicas em uma loja e apontei qual deve ser usando em cada situação, de acordo com a proposta da marca.

cincosentidos

6 – Embalagens

Não se esqueça das embalagens, experiência de compra não termina na hora que se paga o produto! As embalagens podem fazer parte do encantamento da marca e é uma parte da experiência de compra que chega até a casa do cliente.

Embalagem criativa

 

Anúncios

Um comentário sobre “6 estratégias de Visual Merchandising que você deve saber

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s