Livros com nomes de marcas

4 passos para construir o nome perfeito para sua marca de moda

O nome de uma marca é uma ferramenta de identificação rápida e que pode auxiliar na memorização e distinção da mesma. Na moda é bem comum que as marcas tenham o nome de seus estilistas como nome da marca, isso é o que chamamos de patronímicos.

Infelizmente, em um período posterior à criação da marca, ter o nome associado a uma pessoa pode te dar dor de cabeça judicialmente e ainda confundir o seus consumidores, como foi o caso do Alexandre Herchcovitch que saiu do seu posto de diretor criativo na HERCHCOVITCH;ALEXANDRE e agora está na À LA GARÇONNE.

Tentando fugir do óbvio e das dores de cabeça, apresento hoje 4 passos para construir o nome perfeito para sua marca (sem ser um nome patronímico):

1- Descrição

Descreva a sua marca e produto detalhadamente.

página 227 do livro dicionário ilustrado da moda
Imagem do livro “Dicionário Ilustrado da Moda”

2 – Lista de palavras

Crie uma lista de palavras relacionadas a descrição que você fez no passo anterior da sua marca e produto, incluindo: sinônimos, palavras em outros idiomas, palavras relacionadas e palavras com fonemas que representam a marca e o produto.

Nuvem de palavras relacionadas a moda
Lista de palavras

3- Destacar palavras com maior potencial

Destaque as palavras que você mais gostar e fazer combinações entre elas. Nesse ponto é importante eliminar as palavras com baixo potencial de uso e as que não representam a alma da sua marca.

Principais marcas do mundo em um coração

4- Verificar características

Nesse momento você deve verificar se sua palavra / combinação de palavras tem as características necessárias para ser um bom nome para uma marca:

  • Distinguibilidade: nomes que se destacam na multidão. Quando o nome é muito comum, necessita de constante esforço de divulgação.
  • Brevidade: um nome curto facilita a memorização. Nomes grandes acabam gerando apelidos, por exemplo, sempre chamamos a Rede Bandeirantes apenas de BAND.
  • Conveniência: o nome deve estar de acordo com a natureza do negócio. Quando o nome foge do propósito da empresa, é necessário muito esforço para desfazer expectativas equivocadas.
  • Grafia e pronúncia fáceis: as pessoas devem ser capazes de pronunciar e escrever o nome da sua marca.
  • Empatia: é recomendável que um nome tenha um efeito sonoro interessante para que as pessoas sintam prazer em pronunciar o mesmo.
  • Extensibilidade: quando o nome que sugere uma interpretação visual, a marca pode utilizar desse fato para gerar uma estratégia de branding cativante.
  • Possibilidade de proteção: um nome TEM que poder ser registrado e protegido.

Para o nome de uma marca ser bom, ele não tem estritamente que cumprir esses 4 passos, essa técnica é para direcionar suas ideias e para auxiliar no processo de decisão. Espero que vocês criem marcas de maravilhosas no mundo da moda e que esse post ajude a escolher o nome ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s